Time GRANDE!

Como você sabe que um time é Grande, mas GRANDE, mesmo? Quando os torcedores de TODOS os outros times torcem contra ele, oras!

Do proprietário deste blog, Marcos Doniseti.

domingo, 6 de setembro de 2009

Até o 'Olé' reconhece que Argentina virou freguês do Brasil!

Até o 'Olé' reconhece que Argentina virou freguês do Brasil!

A foto acima resume o que foi o jogo de ontem entre Brasil e Argentina: enquanto o Brasil fazia a festa, Maradona mostrava todo o seu desapontamento com o baile que levou da Seleção Brasileira.

Dunga montou uma Seleção que joga como ele mesmo jogava, ou seja, ‘à sua imagem e semelhança’.

Assim, os jogadores brasileiros não acreditam em bola perdida, correm o tempo inteiro, atuam com uma determinação impressionante e quando a coisa aperta adotam a famosa filosofia futebolística do ‘bola para o mato, que o jogo é de campeonato’.

E ‘lá na frente’ os talentos individuais dos brasileiros (Elano, Kaká
e Luís Fabiano, o Fabigol) fazem a diferença. Somente Robinho é que não vem atuando bem e creio que Dunga já deve estar ficando preocupado com isso. Será que não é hora de dar uma chance a jogadores como Diego (Juventus de Turim), Diego Souza (Palmeiras) ou Cleiton Xavier (Palmeiras)?

Aliás, Alexandre Pato é outro que nunca convence, de fato, na Seleção Brasileira. E Ronaldinho Gaúcho, que nem é convocado mais, parece que se tornou um ex-jogador em atividade.

O Brasil poderá até não ganhar a Copa de 2010, mas será uma seleção muito difícil de ser batida caso continue jogando neste nível e com essa vontade.

E se a Argentina for eliminada da Copa de 2010, no lugar dos hermanos dizerem ‘Maradona es Diós’ eles dirão ‘Maradona, Adiós!’.

Link:

http://www.ole.clarin.com/diario/2009/09/06/tapapapel.html

Brasil de Dunga humilha a Argentina em Rosário!!


O jornalista Ricardo Kotscho disse que não há explicação para a fácil vitória do Brasil sobre a Argentina, em Rosário, por 3 X 1, ontem, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Mas, eu discordo dele.

Tem explicação, sim, essa vitória acachapante do Brasil sobre os Hermanos.

Como tem explicação, também, as vitórias fáceis do Brasil sobre a Itália nas duas últimas partidas contra os atuais campeões do mundo, no fim de 2008 e pela Copa das Confederações.

O fato é que Dunga, contra TODOS os prognósticos, está fazendo um bom trabalho na Seleção. E o que ele fez não tem nada de misterioso.

Dunga fez apenas o seguinte:

1) Definiu um esquema tático: o Brasil quase sempre joga no 4-5-1;

2) Fez o time jogar num determinado estilo, que é o de marcação forte para roubar a bola e ‘matar’ o adversário nos contra-ataques. O Brasil de Dunga não dá espaço para os adversários jogarem. E quando enfrenta um Messi pela frente a marcação é ainda mais forte, como se viu ontem contra a Argentina;

3) Escolheu os seus titulares e os jogadores que o decepcionaram, mesmo depois de terem tido inúmeras oportunidades, como Ronaldinho Gaúcho e Vágner Love, ele não convocou mais;

4) Fez os jogadores brigarem por cada bola e por cada centímetro quadrado do campo, como se fossem '10 Dungas' atuando;

5) Acreditou que, com o tempo, depois de tanto jogar junto, o time acabaria se entrosando e começaria a ter um bom rendimento.

E foi exatamente isso que aconteceu.

Agora, Dunga colhe os frutos das decisões que tomou nos últimos anos, mesmo contra todas as críticas que sofreu.

Diferentemente de outros técnicos tão badalados (Luxemburgo, Muricy), que adoram ficar mudando o esquema e a escalação de seus times o tempo inteiro, Dunga optou por fazer o ‘feijão-com-arroz. Ele smpre usa o mesmo esquema tático e a mesma escalação (a não ser quando tem algum jogador suspenso ou contundido, é claro). E isso deu certo!

Infelizmente, o atual calendário do futebol mundial não permite a nenhuma seleção treinar durante alguns dias que fosse antes das partidas a fim de adquirir algum entrosamento. Então, o único momento em que é possível ‘treinar’ é durante os jogos, mesmo.

Como Dunga sempre repetia o mesmo time, o mesmo esquema tático, o mesmo estilo de jogar, o que aconteceu é que, depois de vários anos atuando juntos, o jogo do Brasil engrenou.

Hoje, todos sabem a escalação do time titular brasileiro e como o Brasil joga. Na fase de preparação para a Copa não será necessário mais entrosar ninguém, pois o time já está entrosado. Não será preciso montar ou definir um esquema tático ou um time titular, pois isso já foi feito também.

Simplesmente, bastará entrar em campo e jogar futebol. E isso os brasileiros fazem melhor do que ninguém, como Kaká demonstrou ontem, por exemplo, com aquela assistência genial para que o artilheiro Luís Fabiano marcasse o terceiro gol do Brasil e sacramentasse a vitória brasileira.

Resumindo: o Brasil é o grande favorito à conquista da próxima Copa do Mundo.

Afinal, simplesmente trucidamos com duas das melhores seleções mundiais nos últimos meses (Itália e Argentina). E não é qualquer seleção que faz isso, não.

Como diria a torcida do meu Timão: ‘O Brasil voolllltttooooouuuuuuuuu….”.

sábado, 5 de setembro de 2009

Brasileirão 2009 mostra grande equilíbrio na disputa pelo Título e por vagas na Libertadores!


O Brasileirão 2009 está mostrando um grande equilíbrio na disputa pelo título e por vagas na Libertadores. Afinal, nenhum time conseguiu, até o momento, disparar na liderança e a diferença que separa o líder, Palmeiras, do 5o. colocado, o Corinthians, é de apenas 5 pontos, embora o Timão tenha disputado um jogo a mais.

Temos vários times em condições de conquistar o título, como o Palmeiras, Inter, Goiás, São Paulo e Corinthians.

As últimas rodadas mostraram vários altos e baixos de todos estes times. O Palmeiras, que vinha embalado tendo Jorginho como técnico, acumulou uma sucessão de empates com Muricy no comando (este faz muitas mudanças no esquema tático do time entre um jogo e outro e isso prejudica o rendimento da equipe). O São Paulo obteve 7 vitórias consecutivas, mas vem de 2 resultados ruins na sequência, com derrota para o Atlético-PR e empate sem gols com o Palmeiras.

Já o Inter caiu muito de produção depois que perdeu a Copa do Brasil para o Corinthians e viveu um momento de instabilidade, com muitos resultados ruins na sequência. Mas, agora, parece que o time se recuperou e vive um bom momento, tendo até goleado o Goiás por 4 X 0 em pleno Beira-Rio. Dos primeiros colocados, o Colorado gaúcho é o que está no melhor momento. Resta saber se conseguirá embalar, assumir a liderança e abrir vantagem sobre os rivais, conquistando um título que não alcança há 30 anos.

Já o Goiás consegue ótimos resultados quando joga no Serra Dourada e contra times mais fracos, mas não obtém o mesmo rendimento quando joga fora de casa e contra equipes mais fortes, tanto que perdeu para o São Paulo e para o Inter jogando no Morumbi e no Beira-Rio, respectivamente. Para um time que quer ser campeão isso poderá ser fatal. Mas, o Goiás mostra força e qualidade para conseguir uma vaga na Libertadores do ano que vem.

E o Corinthians, que foi, tranquilamente, o melhor time do Brasil no primeiro semestre, jogando um belo futebol e ganhando o título dos 2 campeonatos que disputou (o Paulistão e a Copa do Brasil) viveu, também, um momento de instabilidade devido à perda de algumas das peças-chave do time titular (André Santos, Cristian e Douglas) bem como enfrentou, também, problemas de contusão, suspensão, convocações para a seleção brasileira (principal e sub-20).

E tudo isso aconteceu justamente no momento em que o Brasileirão passou a ter jogos no meio da semana e isso impediu que o competente e sério técnico Mano Menezes tivesse condições de montar um novo esquema tático e entrosar os novos jogadores. Devido a isso, o Corinthians ficou 5 jogos sem vencer.

Porém, bastou o Timão ter uma semana livre para treinar para subir de produção. Com isso, o Timão já obteve uma sequência de bons resultados (3 vitórias e 2 empates, obtendo 11 dos 15 pontos disputados, ou seja, um aproveitamento de 73% nestas 5 últimas partidas).

E a diretoria corintiana, criticada e pressionada pela Fiel Torcida, saiu à campo e contratou novos reforços para o time, incluindo o lateral/zagueiro Balbuena, o zagueiro Paulo André (ex-Atlético-PR e que estava jogando na França), o meio-campista ofensivo Defederico (jovem revelação argentina que já foi elogiado até por Maradona) e também trouxe Marcelo Mattos, um bom volante de marcação que foi Campeão Brasileiro pelo Timão em 2005 e que ainda é muito jovem, com 25 anos de idade. Já atletas como Bill e Henrique (atacantes contratados junto ao Bragantino e Guarani-SP) ainda não vingaram no Timão.

Com estas contratações, o time do Corinthians já está quase pronto para a disputa da Libertadores em 2010. O Timão tem um bom elenco e não apenas um bom time titular e isso é fundamental para se vencer um torneio tão forte, difícil e competitivo quanto a Libertadores.

No entanto, ainda faltam ao time mais uns 3 jogadores, que são: um lateral esquerdo de qualidade e experiente, um meia-armador com as características de Douglas, ou seja, um 'cérebro' para o time, que organize as jogadas de ataque com bons passes, lançamentos e assistências precisas. Mas, jogadores com tais características estão cada vez mais escassos no futebol mundial, no qual os aspectos mais valorizados são, atualmente, a força física e a velocidade. O Timão também necessita de mais um bom atacante, que possa substituir Ronaldo quando este estiver suspenso ou contundido e que dê conta do recado, marcando os gols que o time precisa.

Enfim, me parece que o título do campeonato brasileiro ficará entre estes 5 times, que são os que tem, hoje, os melhores elencos e que atuam num nível melhor do que os demais.

Quanto às demais equipes, creio que times como o Avaí, Santos, Grêmio, Barueri, Flamengo, Vitória e Atlético-PR irão, talvez, tentar obter uma das vagas para a Libertadores, mas será difícil, a não ser que Palmeiras, Inter, Goiás e São Paulo caiam de produção neste segundo turno.

Já o Cruzeiro, que não foi mais o mesmo time depois que vendeu Ramires, Vágner e perdeu o título da Libertadores para o Estudiantes, e o Atlético-MG, que começou muito bem o campeonato, mas caiu de rendimento e já está fora do G-4 há algumas rodadas, deverão obter vagas para a Copa Sul-Americana do próximo ano.

E Botafogo, Náutico, Sport, Fluminense, Coritiba e Santo André deverão brigar para não ser rebaixados para a Série B, embora me pareça que o Fluminense e o Sport já garantiram a vaga para a segunda divisão do futebol brasileiro em 2010.

Creio que este é o retrato do momento no disputado e indefinido Brasileirão 2009.


Link:

http://esporte.ig.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro_serie_a_2009/classificacao/